Ford adiciona mais azeite de dendê ao seu cardápio

4 comentários

Uma ótima notícia para nós baianos foi dada pelo vice-presidente global de maketing da Ford, Jim Farley. Em uma entrevista ao site Automotive News, o executivo afirmou que a unidade de Camaçari brevemente se tornará uma das principais referências da Ford em produção e vendas no mundo.

Faley falou com entusiasmo sobre o futuro de Camaçari e afirmou que “O Brasil é incrivelmente importante para a companhia”. Atualmente, além de ser a responsável pela produção local do Fiesta Rocam e da atual Ecosport, a fábrica baiana é um dos 5 pólos de desenvolvimento da Ford em todo o mundo.

Camaçari é uma unidade estratégica para a Ford pois será a responsável pela fabricação do projeto B515, a nova Ecosport, que deixará de ser apenas um filhote do Fiesta para se tornar um carro global. Para isso receberá 70% do total do montante de U$$ 2,2 bilhões previstos para investimentos globais entre os anos de 2011 e 2015.

Fonte | Carsale

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quer saber mais?

Artigos

Artigos relacionados que vão te interessar

Ver mais

+ Deixe um comentário

Comentários

  • 1

    Avatar de Gabriel SW !

    Fico puto da cara ao saber disso, a unidade da Ford está na Bahia graças a corja do PT no RS, que mandaram ela embora e quase a GM foi junto.

  • 2

    Avatar de João !
    João | 2 estrelas

    Nada a ver, a Ford está na Bahia graças a ACM e FHC, ACM, porque deu mundos e fundos pra Ford, até hoje os carros importados da Argentina (FOCUS e Ranger) sai da Argentina e vão até Salvador pra depois irem pros mercados comsumidores, o motivo: isenção total de impostos...Do contrário eles poderiam desembarcar em Santos o maior e irem pro maior mercado consumidor, um contrasenso.FHC, porque mudou o regime automotivo pra beneficiar a Bahia....então se informe melhor...Abs

  • 3

    Avatar de Júlio !
    Júlio | 2 estrelas

    Carros vindos do Mercosul são considerados nacionais. O governo FHC criou o Regime especial automotivo que beneficiou muitas fábricas e regiões do país, entre quais a FORD Camaçari, Mitsubishi em Catalão/GO e diversas outras na região da Amazônia. O processo de descentralização industrial foi feito em diversos países com sucesso, mas infelizmente ainda não funciona bem no Brasil, gerando diversos problemas de concentração - poluição, falta de mão de obra, violência, trãnsito, concetração de renda etc etc. A concentração industrial em SP já ultrapassou o limite do tolerável. Não há como pensar em um país desenvolvido dessa maneira. Quanto à logística, infelizmente privilegiamos o rodoviário, o que é sim um problema.

  • 4

    Avatar de Matheus !

    Maldito PT Rio Grandense!!

Comentar

Para deixar um comentário é necessário se identificar: ENTRA ou conecte-se com Facebook Connect

Publicidade

Seções

Caterham

Crash test

WSL Weblogs SL