Jovens Senhores: Ford Escort

67 comentários

Divulgação

Ford Escort MK III 1983: primeira geração no Brasil

Muitas pessoas se lembram quando o primeiro Ford Escort chegou ao Brasil no início da década de 80 trazendo novos ares ao segmento dos carros médios pequenos que andava estagnado no Brasil desde a década de 70, quando chegaram Volkswagen Passat e Dodge Polara.

Na Europa o Ford Escort era um carro conhecido há anos porém no Brasil chegou apenas em sua terceira geração, conhecida por muitos apenas por Mark III. O modelo desembarcou no mercado europeu em 1980 com o mesmo jeitão que conheceriamos 3 anos depois.

O modelo foi muito bem recebido pela crítica especializada, ganhando o prêmio de “Carro do ano de 1981” e em sua “primeira fornada” era oferecido nas versões Hatchback (ou Notchback pela pequena porção traseira) e Wagon de 3 ou 5 portas.

Divulgação

Ford Escort MK XR3 III 1981 muito parecido com o fabricado no Brasil

O modelo XR-3 europeu era muito parecido com o fabricado no Brasil, diferenciando-se basicamente por ter um motor mais moderno. O coração do Escort XR-3 era impulsionado por um moderno motor 1.6 com câmaras hemisféricas e injeção eletrônica e rendia 96cv.

Divulgação

Ford Escort XR-3 MK III 1981

Este motor era conhecido internamente como CHV (não confundam com o CHT que equipava o modelo no Brasil) e sua velocidade máxima era de 180 Km/h. No Brasil sabemos que até a formação da Autolatina, tinhamos apenas um XR-3 “de mentirinha” como veremos mais a frente.

Divulgação

Motor CHV Ford Escort XR-3 MK III 1981

A familia do Escort Mark III cresceu em 1982 com a chegada do Ford Orion, modelo de 3 volumes semelhante ao nosso Ford Verona. Em 1983 foi lançado o modelo conversível, idêntico ao que fazia a alegria dos playboys brasileiros durante a década de 80.

Divulgação

Ford Orion 1984: Versão sedan do Escort que não foi fabricada no Brasil

O Escort durante 1 década foi o modelo mais vendido no mundo, pois contava com uma versão nos Estados Unidos que era completamente diferente da europeia e com isso eram somadas todas as unidades produzidas, algo semelhante ao que a GM faz no Brasil com o Classic e Corsa Sedan.

Divulgação

Ford Escort Estate MkIII: Simpático modelo não foi fabricado no Brasil

No Brasil, a história do Escort começou em agosto de 1983 com a chegada dos modelos Standard, L e GL . O modelo podia ser encontrado em 3 ou 5 portas e tinha conceitos modernos de produção inéditos no Brasil. O modelo possuia a maior garantia contra corrosão na época, 3 anos.

Escort Clube

Ford Escort Ghia 1983: Requinte e conforto

Ainda em 1983 o Escort receberia a versão Ghia que tinha um acabamento espetacular para época, com carpetes em alta densidade, vidros em um tom dourado, temporizador do limpador de para-brisa regulável, vidros e travas elétricas, relógio digital igual ao do Corcel II.

Escort Clube

Interior Ford Escort Ghia 1983

O modelo ainda contava com luzes que indicavam desgaste na pastilha de freio, nível do combustível, fluído de arrefecimento e óleo do motor. Externamente o modelo contava com calotas integrais e uma profusão de frisos cromados.

Escort Clube

Ford Escort Ghia 1983: Acabamento Ford dos velhos tempos!

Ainda neste mesmo ano chega a versão XR-3 que era equipado com faróis de milha, faróis de neblina, lavador dos faróis, rodas de 14 polegadas, aerofólio traseiro e teto solar. O ar condicionado era oferecido como opcional.

Divulgação

Propaganda do Ford Escort XR-3 nacional

O motor que equipava a versão brasileira era o velho motor que equipava o Corcel I desde 1968 derivado da linha Renault. Conhecido como CHT em alusão a suas câmaras de combustão retrabalhadas para um melhor desempenho e menor consumo, o motor foi uma decepção que não combinava com a modernidade do projeto.

O CHT era conhecido por ser bastante econômico e ter bastante torque em baixa rotação, o que mascarava a falta de potência. Poucas pessoas se recordam que este motor tinha uma versão 1.3. Pessoalmente eu nunca vi um Escort 1.3, se alguém tiver fotos, já sabem o que fazer.

Divulgação

Motor CHT Escort XR-3: Cara de um, focinho do Corcel!

Em sua versão 1.6 entregava 73,4 cv usando o alcool como combustível ou 65,3 na versão a gasolina. A versão 1.4 tinha 63,5 cv usando alcool, e 56,8 a gasolina e era bastante econômico. Engraçado como a potência dos motores subiram, hoje temos um 1.4 com praticamente o dobro de potência.

O Escort XR-3 possuia o mesmo motor CHT, porém antigamente os fabricantes sabiam que não era aceitável carro esportivo com motor igual aos modelos padrões e a Ford “deu uma envenenada” no raquítico e idoso motor.

Com novas válvulas, comando mais bravo, dutos de admissão maiores e carburador mais adequado a sua missão de alegrar os motoristas, o CHT passava a entregar mais de 10% de potência, chegando a 82,9 cv sempre alimentado com o combustível preferido da época, o Alcool.

O desempenho era fraco (mas não muito diferente dos outros modelos da época) e o Escort XR-3 chegava a 165 km/h e ia de 0-100 em 14 segundos, números comparáveis aos carros 1.0 de hoje em dia.

O esportivo XR-3 ganhou uma companhia no catálogo em 1985 com a chegada do Escort XR-3 conversível, modelo que fez muito sucesso e marcou a volta de um modelo conversível de fábrica desde fim da produção do Karmann Guia.

Divulgação

Escort XR-3 conversível: Sonho de criança!

Com um desenho sensual e provocante (parece a descrição de uma mulher fruta, mas acreditem, falo do carro!) o XR-3 despertava o desejo tanto de homens quanto de mulheres, geralmente os homens querendo comprar-lo e as mulheres querendo dar uma volta no possante!

Divulgação

Escort XR-3 conversível: Elegância em todos os angulos

10 entre 10 jovens da época sonhavam em colocar um XR-3 conversível na garagem, porém era um sonho para poucos já que era o modelo mais caro a venda no mercado nacional, equivalente a mais de 100 mil reais convertendo o valor para hoje.

Divulgação

Interior Escort XR-3 conversível

O desempenho do XR-3 conversível era ainda mais fraco do que seu irmão com capota de aço, mas valia a pena pela sensação de “vento na cara”. Os reforços estruturais adicionavam mais 70 kilos a seu peso.

A Ford foi rápida como nunca havia sido ao lançar o Escort Mark IV praticamente ao mesmo tempo que na Europa. Em Agosto de 1986 foi lançado o Escort modelo 1987 que é considerado apenas uma reestilização da geração anterior.

Divulgação

Interior Escort XR-3: Novo design porém o mesmo motor CHT

O modelo ganhava para-choques envolventes, novos farois e lanternas, interior completamente revisto, novo capô que tinha o famoso emblema oval azul incorporado, motor com 3 cv à mais e novos amortecedores pressurizados que melhoravam o comportamento do carro.

Fórum Nacional de Veículos Antigos

Escort L 1989 em 2009: É muito dificil encontrar um Escort tão bem conservado quanto este

Este modelo do Escort já sofreu modificações provenientes da associação entre Ford e Volkswagen conhecida como Autolatina e finalmente o Escort XR-3 ganhou um motor a altura da sua alma esportiva. O motor era o conhecido AP1800 proveniente do Gol GTS.

Reginaldo de Campinas

Escort XR3 1988 ainda com motor CHT

O motor deixava o XR-3 com o desempenho bem melhor, com velocidade final de 180 km/h e aceleração de 0-100 em 12 segundos. O motor recebia modificações para entregar mais torque. São 16 Mkgf de torque contra 14,9 Mkgf quando o motor empregava o Gol GTS.

Reginaldo de Campinas

Escort XR3 1.8 Conversível 1990

O cambio que equipava o modelo era importado e era proveniente do Golf alemão, trazendo engates macios e precisos a linha Escort. O modelo Ghia também passou a usar a motorização Volkswagen, trazendo potência ao confortável modelo.

Algumas modificações estéticas diferem os XR-3 1987 e 1988 que tinham motor 1.6 para os modelos 1989 que tem motor AP 1800, como rodas com desenho diferente, spoiler lateral integral que acompanhava as bordas da caixa de rodas e aerofólio com novo desenho.

Reginaldo de Campinas

Interior de um Escort XR3 1.8 Conversível 1990

O dificil é encontrar alguma foto de um XR-3 1989 original, pois a partir de 1990 ele passou a vir com os parachoques na cor do veículo e em 1992 também os spoilers, então todos os proprietários foram pintando os seus na cor do veículo, sendo praticamente inexistente como original.

O Escort havia perdido sua carroceria de 4 portas em 1986 porém a mesma retornou em 1992 com o lançamento do modelo Guarujá. Importado da Argentina, vinha com motor AP1800 e era equipado com acessórios como aerofólio pintado na cor do veículo.

Divulgação

Escort Guarujá – Série especial importada da Argentina, único modelo MK4 disponivel no Brasil

Em 1991 o Escort ganhou uma série especial conhecida como XR-3 Formula que contava com amortecedores com regulagem eletrônica onde deixava a suspensão mais dura ou mais com mais conforto de acordo com a velocidade.

Em 1992 o sistema passa a ser ofertado no modelo XR-3 como opcional em um pacote que acompanhava os famosos Bancos Recaro com regulagens de apoio de penas e lombar, mas o custo quase 2 mil doláres fez com que poucos recebessem este kit.

O sistema era muito bom, mas não resolvia a principal deficiência do modelo que era a falha no projeto da suspensão independente traseira onde as rodas variavam a regulagem de convergência nas acelerações e curvas, comportamente perigoso para motoristas inexperientes.

Divulgação

Escort XR-3 1992 equipado com kit Fórmula

Em 1993 chega em janeiro o Escort Mark V, conhecido como Escort Europeu (como se todos não tivessem origem europeia…), e que trazia finalmente uma nova geração para o modelo que já carregava 10 anos nas costas.

Divulgação

Escort L 1.6 MK5

O tempo de chegada no Brasil foi o mesmo da primeira geração, 3 anos entre lançamento na Europa e Brasil, já que o modelo foi lançado por lá em 1990. Foram 10 anos também entre o Escort MKIII e o MK V, “uma vida” se considerarmos os padrões atuais.

Os modelos em produção continuavam a ser os mesmos de sempre, L, GL, Guia e XR-3 e o Escort era um dos modelos mais modernos em produção no Brasil, na década considerada por mim a melhor para a indústria nacional.

Divulgação

Motor 2.0i com injeção eletrônica Bosch: Mesmo motor do Gol GTI

Podiam ser encontrados com motorização 1.6 CHT, conhecida desde a fusão com a Volkswagen como AE-1600, AP 1800 e no XR-3 o famoso AP2000 proveniente do Gol GTI, que trazia finalmente a injeção eletrônica ao modelo no Brasil.

Reginaldo de Campinas

Escort XR3 2.0i 1993 Conversível

O Cambio do modelo trazia pela primeira vez comandos por cabos ao invés de varões como nos modelos até então vendido no pais, a suspensão deixava de ser independente na traseira e passava a utilizar o mais confiável sistema de eixo de torção.

Reginaldo de Campinas

Escort XR3 2.0i 1993 Conversível na sua melhor visão: A do motorista!

O XR-3 era um show à parte! Trazia um sistema de audio completo com equalizador gráfico e pela primeiravez em um carro nacional um amplificador que deixava o carro com um som de primeira. O modelo conversível chegou junto com os outros em uma ação nunca vista antes na indústria nacional.

Reginaldo de Campinas

Bonito visto de qualquer angulo como a geração anterior

O Escort MKIV ainda permanecia em linha como modelo de entrada. A principio era possível comprar o modelo L e depois foi lançado o Escort Hobby que podia ser encontrado em versões 1.0 ou 1.6 litros.

A Cofap, fabricante tradicional de amortecedores disponibilizava um kit para conversão do motor AE 1000 em 1300 composto por novas bielas e pistões e sua instalação não precisava de usinagem nem adaptações maiores.

Que Barato!

Escort Hobby 1.0: competindo com os modelos populares

Este modelo utilizava o motor 1.0 AE 1.0 desenvolvido pela Volks para equipar o Gol 1000. A Ford conseguiu mascarar a fraqueza do propulsor utilizando uma boa relação de cambio, conferindo um melhor desempenho do que o modelo Volks.

Vida nova na Argentina

Em 1996, a Ford encerra a produção do Escort no Brasil e passa a linha de produção totalmente para a Argentina para o desespero dos fãs da marca, pelo conhecido problema de qualidade que os carros provenientes daquele país naquela época, mito hoje sem fundamento.

Best Cars

Escort GL 1.6 MK 5,5

O Escort conhecido mundialmente como Mark 5B, recebeu um facelit na dianteira (o mesmo que o modelo inglês ganhou em 1992), que consistia em uma horrível grade incorporada ao capô, lanternas fumê e uma simplificação nos modelos de impressionar qualquer gerente de redução de custos.

Os motores eram sempre de origem volkswagen, Ap 1600 ou Ap1800 e as versões se resumiam em GL e GLX. A única com motor 2.0 era a Racer, esta criada para tentar suprimir a ausência do Escort XR-3, porém sem sucesso.

Que Barato!

Escort Racer 2.0i 1996

A Ford errou ao lançar este modelo Mark 5b no Brasil tão tardiamente em relação à Europa? Não sabemos, mas com certeza eles acertaram em oferecer o modelo Mark VI logo a partir de 1997, dois anos após o seu lançamento no mercado Europeu.

Que Barato!

O famoso Escort “Zetec” GLX em sua versão mais completa

Conhecido popularmente como “Escort Zetec” por causa do seu motor proveniente desta familia, teve um bom desempenho de vendas inicialmente, mesmo com o seu design já considerado cansado por muitos.

Com um ótimo acerto mecânico, o motor Zetec S 1.8 16v deixava o Escort com desempenho digno de um esportivo: Velocidade máxima de 198 Km/h e 0-100 em 9.8 s e um bom comportamento dinâmico que não lembrava nem um pouco os primeiros Escorts equipados com suspensão traseira Mcpherson.

Ford/Divulgação

Interior aconchegante do Escort GLX

Sua produção continuou na Argentina até o final de linha, porém o acabamento já não era tão ruim quanto os modelos 1996. Esta geração trouxe o modelo Wagon que nunca havia sido vendido no Brasil e transformou o Ford Verona em Escort Sedan.

Que Barato!

Escort GLX

Finalmente a sigla RS desembarcou no Brasil com a chegada do Escort RS em 1998, mas o que seria um motivo de comemoração não se mostrou algo muito animador já que era apenas um pacote esportivo aplicado a carroceria de 2 portas do Escort em produção.

Ford/Divulgação

Escort RS: apesar do bom desempenho, não passava de um pacote estético

Na Europa a sigla RS é utilizada pelos modelos mais potentes de cada veículo, sendo que o Escort RS foi um dos modelos mais famosos pelo seu desempenho em competições de Rally e turismo.

Ford/Divulgação

Um motor mais apimentado e rodas maiores fizerão falta neste modelo

Em 2000 o modelo começava a ser preparado para a aposentadoria. O lançamento do Focus na Europa e a sua retirada de linha mostrava que teria fim parecido no Brasil, já que a Ford busca sempre manter uma paridade com suas plataformas globais.

Recebe o motor 1.6 Zetec Rocam (que na verdade não é um motor da familia zetec) e começa a perder itens de acabamento para simplificar o máximo o modelo. Em 2003 o modelo deixa de ser fabricado na Argentina encerrando a saga deste valente senhor.

Ford/Divulgação

Motor 1.6 do Fiesta chega em 2000 na reta final do modelo

Criticado e amado por muitos, o Ford Escort deixou uma legião de fãs espalhados pelo Brasil assim como deixou pelo mundo. O Ford Focus, seu sucessor nunca teve sucesso parecido entre as pessoas, apesar de ser um veículo muito superior em todos os aspectos.

Se você tem um Escort bem conservado e quer que ele apareça em nosso blog nos escreva, conte a sua história que poderemos estar colocando-a no ar na seção Carro do leitor.

Fontes | Best Cars , Wikipedia, Escort Clube

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quer saber mais?

Artigos

Artigos relacionados que vão te interessar

Ver mais

+ Deixe um comentário

Comentários

  • 1

    Avatar de Fabiano Werner !

    Parabéns pela excelente matéria recheada de informações interessantes e que nós nunca iríamos conhecer. Aprendi a dirigir em um Ford Escort Standart 1985 e o primeiro carro que bati foi um Ford Escort L 1992 Azul Turquesa, de propriedade da minha mãe. Este foi adquirido zero kilômetro na concessionária Navesa de Goiânia e ficou conosco até 1996. Raspei ele num Fusquinha vinho na fazenda da minha avó e para minha surpresa, o carro nem arranhou! Os paralamas dele eram muito resistentes. Precisei apenas passar uma cera polidora para tirar a tinta cor de esmalte que ficou do Fucao.

    Parabéns novamente Rosalvo!

  • 2

    Avatar de Fernando Gennaro !

    Ola amigo

    é Fernando Gennaro ! td bem

    Agradeço sua atenção! HAHA vi o escort...

    me manda um email por favor: degennaromotors@bol.com.br

    Abraço!

    Fernando Gennaro

  • 3

    Avatar de Genner Priaro !

    Neto; já fazia uns dias que não entrava na seção dos jovens senhores e não tinha visto este post....

    Engraçado que FDS passado; fui a uma mecânica com meu pratinha....

    Lá encontrei um senhor que estava com sua Ecosport; mas seu xodó que estava lá no cavalete na oficina fazendo o motor; um XR3 MK5 conversível (Sapão) na cor azul maravilhoso...

    O Sr me contou que pegou o carro em estado de perdição e o está reformando; a parte estética já está ok; pintura nova; nova capota e interior reformado com os mesmos tecidos (cores e padronagem) do original... só as rodas que não são originais...

    Na mecanica tinha trocado freios; amortecedores e sistema de direção hidráulica....

    Agora está acertando o motor....

    Achei lindo o trabalho e fiquei batendo papo e apreciando o carro....

    Quando sai de lá comecei a observar os escorts com os quais cruzava; lembrando do sonho de garoto.....

    Um escort XR3 (não o conversivel) na cor branco pérola com bancos recaro e teto solar.....

    Ai no domingão me deparo com um XR3; MK4; vermelho mas com parachoques pretos....

    Pensei comigo; mas o Parachoque no XR3 não é na cor do carro....

    Ai vem nosso amigo Neto com a informação e tiro minha dúvida que era original assim mesmo.....

    Valeu Neto.... bela pesquisa de imagens.... o site do Reginaldo é fera mesmo.....

    Abço!

  • 6

    Avatar de Rosalvo !

    Genner, valeu meu velho! Cada vez que vejo os comentários que você faz fico feliz em ver que se tornou realmente leitor assíduo do nosso site!

    Você tirou fotos deste Escort? Deve estar muito lindo mesmo.

    Hoje infelizmente não tive uma visão feliz, vi um Escort XR3 MK4 Branco, que estava bonito, placa de fora da Bahia e por isso ainda não estava com ferrugem, mas na mão de um cara que aparentemente não vai cuidar do mesmo.

    O carro já ostentava um adesivo na lateral, dizendo algo como "VIDA LOKA" e provavelmente ele irá encher o carro de "manos" e "brows" a noite para acabar com o carrinho...

    Não sei porque esse pessoal não compra um carro popular para acabar...

    Grande abraço!!!!

  • 4

    Avatar de Passarini !

    Muito show a matéria, parabéns, sou o proprietário do Escort XR3 branco da matéria do blog do Gennaro, obrigado pelos elogios feitos do meu carro.

    Abraços

  • 5

    Avatar de Rosalvo !

    Passarini, que lindo o seu carro meu irmão! Meus parabéns viu!

    É o Escort mais lindo para mim, o XR3 fabricado entre 1987 e 1989 Branco.

    Grande abraço e parabéns mais uma vez !

  • 7

    Avatar de Lucas !
    Lucas | 2 estrelas

    Faltou uma foto do Escort GLX Wagon, que tem um porta-malas que não se vê tão fácil até hoje em carros de passeio.

  • 8

    Avatar de Passarini !

    Poxa estas histórias são mto tristes :(

    Obrigado pelos elogios Rosalvo ;-)

  • 9

    Avatar de Meison !
    Meison | 2 estrelas

    Isso com certeza deu saudades, não conhecia muitos desses modelos e não sabia tudo isso sobre o Escort, mas foi meu primeiro carro. Um Escort L, não tinha do que reclamar, 1.6, mas forte.

    Muito bom o artigo, completasso, mais do que o XR-3 Conversível rs.

    Abraços

  • 10

    Avatar de Jander Penco !

    Só queria salientar a imagem do logo da C&A na foto do escort europeu cinza.. reparem bem no capô...

  • 11

    Avatar de fernando !

    tenho um escort 1.6 L 89 interaço ,com gas+ar e vidro, sinza grafit .E quero vender.$6.500,00.intereçados (nandonpn@hotmail.com)

  • 12

    Avatar de Heitor !
    Heitor | 2 estrelas

    OLá Rosalvo, como vai??? Sou o proprietário do Escort L Cinza, da matéria do Fernando Gennaro, fico feliz que tenha gostado do carro. Meu Escort é um carro impar, manutenção simples e barata, muito econômico e o desempenho as vezes surpreende a muitos. Sou muito feliz com ele e posso dizer que de longe é o melhor carro que já passou em casa...

    Grande abraço e agradeço a oportunidade de expor o meu carro.

  • 13

    Avatar de jonnatan !

    Bela matéria, de linguagem agradável e simples mas, fiel a história desse que para mim foi um dos melhores carros já vendidos no Brasil e no mundo. Infelizmente nem todos conhecem a verdadeira história dos escort's, a maioria conhecem por exemplo como esportivo apenas o escort XR3, que era vendido no Brasil, nem ao menos sonhando na existência do escort RS 2000 Cosworth, modelo este que vinha equipado com motor turbo, tração nas quatro rodas, suspensão esportiva, kit aerodinâmico, ou seja, vários itens que os escort's vendidos aqui nunca chegaram nem perto de receber, eram bonitos, mas sempre atrás dos carros oferecidos na europa. Este escort ( RS Cosworth) brigava e ainda briga com modelos respeitáveis como: subaru Impreza e mitsubishi Lancer, sem fazer feio, viu. Todos com tecnologia adquirida através de campeonatos de ralis europeus e mundiais tb. Na minha opnião a Ford é logico visa lucro como toda multinacional, mas acabou por encerrar a trajetória de um dos carros que mais lhe rendeu dinheiro ( foram mais de 20 milhões fabricados por todo o mundo) de forma que poderia ser diferente, ao invés de ser encerado com uma versão 1.6 mediocre (mesmo ainda existindo a 1.8 16V), poderiam ter criado um modelo limitado de despedida com tudo de melhor que os vários modelos anteriores haviam disponibilizado aos apaixonados pelo carro. Como: motor preparado (de verdade), suspensão esportiva (que rodava em qualquer terreno), tração integral (que permitia o carro fazer curvas de lado sem perder o controle), chassis que suportam o dobro da potência (sem alterações), e vários outros componentes, que quem conhece escort sabe muito bem, faziam dele um carro campeão. Muito obrigado pelo espaço e novamente parabéns pela matéria amigo, fica com Deus e sucesso.

  • 14

    Avatar de Roberto Pereira Melo !

    Roberto. Bom dia amigo, adorei a materia, Sou proprietário de um Escort xr3 conversivel,prata,ap 1.8,ano 92,com motor e painel personalizado um sonho de criança. posso dizer que a minha maquina, quando desfila pelas ruas da cidade de valença-ba.chama a atenção das crianças, adolecentes e idosos. aqui prá nós, quem não queria ter um conversivel.

  • 15

    Avatar de rogerio (rog) !

    parabens adorei a materia sou grande fãn do escort ja possui mk3 e hoje tenho um mk7 que não vendo por nada, e acho que o focus não deu tão certo pq o que importa é o carisma do carro tai o fusca para provar isto tem um carro tão ruim com tanto publico rsrsrs pessoal do www.escortclube.com.br vai gostar muito parabens...

  • 16

    Avatar de Gustavo !

    Parabéns pela matéria! Muito legal de se ler. Nos últimos anos, por ocasião da compra de uma casa, fiquei com pouco dinheiro para investir em carro. Já estou no terceiro escort - aqui em Porto Alegre sai barato porque o pessoal acha que o carro é muito grande, beberrão e manutenção cara. Azar deles, rárárá! Os caras compram modelos básicos que não andam nada, consomem e também dão despesa. E o mais incrível é que o Zetec 16v que tenho hoje é o que menos dá gasto. Hoje em dia os carros estão muito pesados e os motores atingiram um limite. Perdem para o Escort no desempenho do conjunto, num pega pra valer. O tempo passa...

  • 17

    Avatar de Christiano !

    Essa matéria vale a pena perder um tempinho na Internet, andei em um modelo 84, guia e minha mãe teve um GL 92, minha paixão por eles começou guando vi o primeiro xr3, mas definitivamente resolvi que teria um quando vi o xr3 conversivel 2.0i, pra mim incomparável, esse modelo parece não ficar ultrapassado, então tive um com bancos recaros, que não foi mostrado nas fotos, arrependimento bateu por ter vendido é claro, mas em breve estarei com outro. Amigos, vale a pena, problemas aparecem e são resolvidos, esses modelos de hoje são todos parecidos uns com os outros e sem graça, com algumas exceções é claro

  • 18

    Avatar de Kadu Nunes !

    Belissima materia, principalmente os carros do Escort Clube maravilhosos....

  • 19

    Avatar de Dudu Minato !

    Olá, me chamo Eduardo e Sou de Colina - SP Tenho um Escort Conversivel. Eu fazia parte dos 10 entre 10 jovens que gostariam de ter essa maquina. 2009 foi o ano que consegui entrar para o time dos poucos a terem este carro. Ainda estou deixando do jeito que quero, mais já chama a atenção por onde passo. Mesmo semdo maior de idade (1988) O Escort conversivel ainda tira muitos suspiros!! Muito boa materia de vc´s. Parabéns!!

  • 20

    Avatar de Fernando !

    Olá. Tenho um Escort Mark 5b. Apesar do que muitos falam, foi exatamente a grade dianteira que me atraiu para comprar esse modelo. Alguns acham horrível, mas eu gosto do estilo... De qualquer forma, o Escort é um excelente carro, muito forte e até economico, pois tem motor 1.8 Gostaria de saber se ele chega até os 240 prometidos pelo velocimetro... Parabens pelo artigo, muito bom

  • 21

    Avatar de joaquim !

    Olá!!! me ajudem por favor estou para comprar um escort ghia 86/87 em excelente estado de conservação . Gostaria de saber se o motor dele é o mesmo que equipava o corcel II ldo 80 . Ele é 1.6 à alcool c/ 5 marchas . Obrigado

  • 22

    Avatar de Wallacy !

    amigo boa noite gostaria de saber se o escort GL 1991 era equipado com motor CHT e se esse motor pode ser colocado num gol 1000 que era tb cht mas está sem motor logo quero comprar um CHT 1.6 e achei uma sucata de escort GL 1991 com motor. Vc saberia me dizer se encaixa na cx de marcha que está lá no meu gol que tb era CHT. Grato.

  • 23

    Avatar de Robson !
    Robson | 2 estrelas

    Tenho um Escort 84 L 1.6, e estou mandando pintar ele, completinho. Vale á pena cuidar do carrinho. Escort é uma beleza, mesmo sendo um CHT. O Motor? Pode ser antigo, mas nunca me deixa na mão, isso é o que mais admiro, além do ótimo conforto.

  • 24

    Avatar de Valdinei !

    E ai Galera, meu nome é Valdinei..e sou proprietario de um Escort 84 Vermelho. Antes o mesmo era de minha irma..mau cuidado...dava do..mas precisava usar..peguei uma paixao violenta pelo carro...ate q um dia a luz do oleo do motor acendeu, avisei ela...e a mesma disse q trocaria...algum tempo depois a luz apagou...e a fatalidade...ela n tinha trocado o oleo, e o motor fundiu na minha mão...acreditem..chorei como criança... 1 ano depois...me sobrou uma grana..e estou reformando o carro todo...refiz o motor...troquei bloco...comprei o kit da Mahle...e agora estou atras de alguem q faça a tapeçaria..mas estou com dificuldades..se os amigos tiverem fotos internas desse modelo..me ajudara mt...no mais...assim q ficar pronto, mandarei as fotos...forte abraço

  • 25

    Avatar de Nathan !
    Nathan | 2 estrelas

    olá exelente matéria amigo. sou apaixonado pelo escort desde pequeno acho que o carro deveria ter o valor merecido. tenho um Ghia 94 MARK-V Azul Dallas, e gostei muito dos carros do clube serem usados...

    amigo apenas uma critica de correção GHIA se escreve com H não com U, igual se pronuncia, mas só um comentario...

  • 26

    Avatar de reginaldo g. dos santos !

    o carro é show estou no segundo escort o primeiro foi um l 85 estava um caco , mas sempre valente, a alcool logo troquei por um l 92 prata o qual batizei de surfista prateado, é economico, robusto o mais bacana de todas as series eu acho este modelo, tive p trocar por gol, corsa tudo manco meu escort ñ se compara em desempenho é legal passar por gol, celta na estrada principalmente na subida o motivo da troca era por um carro mais moderno e confortavel, ledo engano fico com meu escort, em breve estarei reformando todo da pintura a tapecaria e motor gostei muito dos comentarios deste modelo que deixou saudade

  • 27

    Avatar de DIRCEU BARBOSA !

    olá meus amigos fãs dos fordes pois eu já vivi esperiencias maravilhosas com estes caros pois meu querido PAI já possuio um forde culpe 51 que carro tenho saudades até hoje entres eles já tivemos .. belina 73 corcel 72 corcel 2 e agora me apaichonei por um escorte xr3 ano84 c/ teto solar na cor preta tenho á certeza que não é mais um carro de top mais sei que quero possuir este modelo e como vcs contaram realmente ele é um charme de carrinho por ele se encontrar todo original pretendo se possivel me casar com este carrinho irei precisar de algumas dicas sobre peças no onde encontrar para deixa lo lindo sou novo neste blog más só pelo que acabo de ler tenho á certeza que irei encotrar toda á ajuda que precisar tenho 49 anos de idade por aí vcs já devem ver o quanto sou fã da FORD ME CHAMO DIRCEU E MORO EM SAMPA IREI DEICHAR MEU E-MAIL que é DIRCEUJKL@GMAIL.COM SERÁ QUE ESTAREI FESENDO UM BOM NEGOCIO...SE ESTIVER AGUARDO DICAS DE VCS UM GRANDE E FORTE ABRÁÇO HÁ TODOS

  • 28

    Avatar de Marcos Romano !

    quem teve um destes nunca esquece!! EITA CARRINHO BOM !!!! HOBY 1.0

  • 29

    Avatar de israel !
    israel | 2 estrelas

    a melhor matéria da net sobre o assunto

  • 30

    Avatar de Fábio !
    Fábio | 2 estrelas

    Eu tenho um Escort Hobby 1993, ele é 1.6 a alcool, estamos com ele fazem 16 anos, cara o carro é espetacular, só foi nosso num veno por nada!

  • 31

    Avatar de Ricardo Alves Muniz !

    Vendo escort 89/90 1.6 cht gl, ola pessoal moro em Campinas SP quem tiver interesse tou vendendo o carro... abraço me mandem e-mail se quiserem.

  • 32

    Avatar de Ricardo Alves Muniz !

    e-mail ramuniz@zipmail.com.br

  • 33

    Avatar de Diego Teixeira !

    e carrão em...!ótimo para o dia-à-dia...!Meu pai tem um...!Azul metalico...!que eu uso...!A Alcoo ano '87...! vc pisa e o bichinho responde na hora...delicia...de dirigir...!

  • 34

    Avatar de Ricardo !

    Parabéns!!! Foi a melhor matéria que já li sobre a história brasileira dessa lenda chamada Escort. Já vejo nas ruas XR3 reformados e acredito que vão virar peças de colecionador. Tive um modelo XR3 85 branco zero bala que chamava tanta atenção quanto uma Ferrari chama hoje. Os equipamentos arrasavam: toca fitas auto-reverse, porta fitas, relógio digital no teto, direção esportiva, vidros elétricos, check control, bancos esportivos, lavador de faróis, etc. Era totalmente matador. Abraço.

  • 35

    Avatar de Andre !
    Andre | 2 estrelas

    kra eu tenho um escort L 1.6 89,e ele até hoje deixa carro zero pra trás nos sinais.

  • 36

    Avatar de fleder !
    fleder | 2 estrelas

    parabens boa materia sobre xr3 pena que nao vao lancar uma nova versao pra mim merecia tenho um ano 1889 , e adoro ate mais abracos

  • 37

    Avatar de Luiz !
    Luiz | 2 estrelas

    Estou comprando um Escort L 1.6 - Alcool 1986. O carro esta lindo, porem estava com problema no motor. O antigo proprietario ficou de consertar, porém preferi que ele que ele fizesse a troca do Kit, para que ficasse com um motor novo, o que ele concordou desde que eu comprasse o Kit. Paguei R$ 4.000,00 pelo carro e estou gastando cerca de R$ 500,00 com peças de reposição. Voces acham que foi um bom negócio?

  • 38

    Avatar de Leonardo !

    Tenho um XR3 1.8 Álcool 89. É um excelente carro. Quanto à suspensão traseira variar o cáster, hoje é possível minimizar este efeito colocando buchas de poliuretano no lugar das originais de borracha. E no caso do XR3, deixar sempre em dia as buchas da bieleta da barra estabilizadora traseira.

  • 39

    Avatar de marcio !
    marcio | 2 estrelas

    ola amigo gostaria de saber se voce sabe aonde eu encontro peças do escort xr3 86 como o teto solar o vidro os spoiler dianteiro e os porta treco que fica na lateral da porta agradeço se saber de alguma coisa e se não souber agradeço tmbem bonita materia sua parabens.

  • 40

    Avatar de vinycius tolotti !

    eu gosto de escort

Comentar

Para deixar um comentário é necessário se identificar: ENTRA ou conecte-se com Facebook Connect

Publicidade

Seções

Caterham

WSL Weblogs SL