feed

Dan Wheldon

É Brasil! Helinho vence na Indy; Barrichello termina em 17º

0 comentários

helio.jpg

Após uma prova marcante, sem erros e com doses de ousadia, o Spider-Man brasileiro Helio Castroneves venceu a etapa de St. Pete da Fórmula Indy. Helinho conquistou sua primeira vitória desde o GP do Japão em 2010. Foi sua 27ª na carreira e a 105ª do Brasil. E o melhor: já é líder!

Ler mais

Publicidade
Publicidade

Barrichello confirma que vai correr na Indy

2 comentários

Rubens Barrichello

Em uma entrevista coletiva organizada pela Band, emissora que transmite a Fórmula Indy, Rubens Barrichello anunciou hoje (1º) que irá mesmo disputar a categoria norte-americana em 2012, pela KV Racing, junto com seu amigo Tony Kanaan.

Ler mais

Publicidade

Money talks*: Rubens tem que juntar R$ 5 mi para andar na Indy

0 comentários

barrichello.jpg

A situação não é tão simples como se imaginava. Para Rubens Barrichello correr na Fórmula Indy em 2012, o ex-piloto da Williams na F-1 tem que angariar R$ 5 milhões em patrocínio para correr na KV Lotus Racing nesta temporada. Será que consegue?

  • (Coversa sobre dinheiro)

Ler mais

Mais uma morte. Agora na Turismo Carretera

0 comentários

Guido Falaschi

A bruxa anda solta no automobilismo mesmo. Depois de Dan Wheldon na Fórmula Indy e de Marco Simoncelli na Moto GP, agora foi a vez de Guido Falaschi de apenas 22 anos falecer após um fortíssimo acidente na Turismo Carretera, uma das principais categorias da Argentina que disputava a etapa de Balcarce.

Ler mais

Carro da Dallara para a temporada-2012 da Indy se chamará DW12 em homenagem ao piloto inglês Dan Wheldon

0 comentários

Dan Wheldon

Como era esperado, a Dallara irá batizar o novo carro da Fórmula Indy com as iniciais do nome de Dan Wheldon. O bólido da temporada de 2012 terá a denominação de DW12.

“Como homenagem ao seu trabalho, nós decidimos dedicar o carro de 2012 da Indy com seu nome e, a partir de hoje, ele será chamado de DW12”, disse Gian Paolo Dallara à revista italiana Autosprint.

O inglês Dan Wheldon morreu na última etapa da categoria nesta temporada, em Las Vegas. A corrida marcaria a última prova dos antigos chassis, menos resistentes e suscetíveis a decolagens, como aconteceu no acidente. Wheldon testou este novo carro durante a temporada deste ano.

Fonte | Autosport

Aviso: automobilismo pode ser perigoso

0 comentários

A Placa de Brands

Já era quase meia noite de domingo quando fiquei sabendo do mega acidente na prova de Las Vegas da Indy que matou o grande campeão Dan Wheldon. Sou fã de automobilismo, mas o meu tempo de perder todo o final de semana na frente da TV acompanhando tudo o que gosto passou. Depois de duas madrugadas em claro de olho na F-1 tudo o que eu queria era relaxar e nem me lembrei dessa corrida.

Mas sempre que acontece uma morte no automobilismo de ponta, voltam as velhas discussões sobre o absurdo que é correr em círculos a mais de 300 Km/h. Acho muitas das críticas infundadas, feitas na comoção do momento por gente que nunca lidou com isso.

Ler mais

Schumacher: automobilismo seguro é ilusão

2 comentários

Schumacher

A morte do grande campeão Dan Wheldon na corrida de Las Vegas no último domingo (16) ecoou pelo mundo todo e reabriu a discussão sobre a morte no automobilismo. Para o heptacampeão Michael Schumacher as medidas de segurança implementadas nos últimos anos não impedem os acidentes fatais.

Sempre dizemos a nós mesmos que o automobilismo se tornou seguro, que ninguém precisa morrer mais. Infelizmente, esses pensamentos são apenas ilusão“ comentou o alemão em seu site, quando soube do acidente. “Ouvi do terrível acidente que matou Dan Wheldon hoje de manhã. Quando você fica sabendo de alguma coisa desse tipo, você fica simplesmente chocado. Desejo muita força à família dele” desejou Schumacher.

Do atual grid da Fórmula 1, Michael Schumacher é o único que estava presente no Grande Prêmio de San Marino de 1994 quando aconteceu a última morte na categoria, justamente com o tricampeão Ayrton Senna. Rubens Barrichello fazia parte da temporada, mas não estava participando daquela corrida, também vítima de outro acidente, ocorrido nos treinos.

Fonte | Grande Prêmio

Dallara irá batizar carro da Indy de '12 em homenagem a Dan

0 comentários

Dallara irá dar nome do carro da temporada de 2012 à Wheldon

A Dallara, desenvolvedora dos chassis que as equipes utilizam na Indy irá batizar o novo carro que a categoria irá utilizar em 2012 em homenagem a Dan Wheldon, piloto que morreu nesta último domingo em virtude do múltiplo acidente na prova de Las Vegas.

“Dan vive na memória de todos na Dallara. Ele foi um verdadeiro campeão, não só por suas muitas vitórias, mas, acima de tudo, porque ele foi um homem sincero e generoso com todas as pessoas que conheceu”, afirmou o presidente da companhia, Gianpaolo Dallara. “Todas as pessoas na Dallara gostaram de encontrá-lo na Itália e nos Estados Unidos. Honraremos sua memória nos próximos anos, dedicando o Dallara IndyCar 2012 em seu nome. Ele merece isso”, completou. Ainda não se sabe como o carro será chamado, mas o piloto James Hinchcliffe sugeriu DW001.

O novo carro que a Indy irá utilizar em 2012 foi extensamente testado por Wheldon durante a atual temporada. Um dos maiores avanços em segurança deste novo carro é que as decolagens ao ter o toque roda a roda serão diminuídas, justamente a causa da morte de do inglês neste último domingo.

Fonte | Autosport

Sam Schmidt pode fechar as portas após morte de Dan Wheldon

0 comentários

Wade Cunningham

A morte de Dan Wheldon foi um baque para todos envolvidos na Fórmula Indy. Ainda mais para quem de perto convivia com o inglês, com Sam Schmidt, dono da Sam Schmidt Racing, equipe pela qual Wheldon corria, que cogita fechar as portas após o acidente fatal.

“Eu estaria mentindo se dissesse que não estou cogitando, mas você tem que pensar nisso”, afirmou em entrevista ao site da revista “Autosport”.

Recentemente Schimdt, que é tetraplégico em virtude de um gravíssimo acidente nas pistas em 2000, viu seu chefe de equipe na Indy Lights morrer de forma repentina.

Fonte | Lancenet!

Pippa e Hildebrand deixam hospital em Las Vegas

0 comentários

Wheldon

Os pilotos que foram internados neste domingo no múltiplo acidente que vitimou o inglês Dan Wheldon já receberam alta do Centro Médico da Universidade de Las Vegas. O americano JR Hildebrand e a britânica Pippa Mann se recuperaram bem e poderão terminar a reabilitação em casa.

- Recebi alta do hospital mais cedo. Sou muito grato a todo o carinho e suporte de todos os envolvidos. Meus pensamentos estão com os Wheldon – disse JR Hildebrand, que junto com Wheldon protagonizou um dos momentos mais incríveis do ano, ao perder as 500 Milhas de Indianápolis na última curva, deixando a vitória cair no colo de Wheldon.

Hildebrand e Mann tiveram problemas no esterno e com queimaduras, respectivamente. A piloto inglesa ainda terá que passar por mais procedimentos cirúrgicos, mas espera-se que sua recuperação não seja demorada e que ela esteja apto a voltar na temporada de 2012.

Fonte | Lancenet!

Publicidade

Seções

WSL Weblogs SL